03/11/2009

Opções


Eles chegam, me encomodam, me provocam...

Sabem que não posso,

não é permitido

minha escolha foi de viver a dois.

Viver a três é demais,

eu não teria paz,

teria que viver de prazer,

Iria morer de tanta exaustão.

Optei por ficar assim,
em paz, e nada mais.




Ana Cavalcante

15/10/2009

Uno


Quão é perfeita a nossa unidade!
Unidade infinita de mundos,

e que cada mundo gera outros mundos

na busca da perfeição,

assim gerando a infinidade.
Ó magnitude!

Eu não procuro algo no externo

pra me satisfazer,

é no interno que me acho,

me lambuzo, me afago,

com tais prazeres

que elevação da minh'alma

faz sentir sobre esses ossos,

e que um dia irão acabar,

e dos prazeres histórias iram deixar

Busco sapiência para o meu dia a dia,

busco originalidade na minha,

maior forma humana de ser.
Busque aquilo que apraz à você,

e que esse algo não esteja em objeto algum,

apenas sinta, respire fundo

e feche os olhos e sinta

seu corpo, sua alma,

veja como é perfeita a união das duas,

a percepção da alma,

a superação de si para si.
Você se torna grande quando percebe

a grandeza, que há dentro do seu ser,

se conheça! Se permita a tal experiência,

faça-o do jeito que melhor agradar,

mas faça, conheça o seu interior,

para ter uma expansão na nova visão

que adiquirirá ao ver o mundo,

prepare-se primeiro,

conheça-se e construa seu mundo,

contanto que esteja preparado

a 'ver' outros mundos e respeitá-los.
Dê a mão aquele que necessitar,

respeitas as diferenças é fundamental,

criticá-las você decide,

se vai viver a vida a criticar

ao em vez de criar, inovar...

eu prefiro ver o erro e criar a solução,

no caminho escuro ando com minhas idéias,

à iluminar, acreditem em suas capacidades,

busque sempre sua verdade,

a sua porque a verdade é singular de cada ser.




Ana Cavalcante

Minha Passagem... Meu Amor... Meu Eu


Eu não posso te falar de mim, pois não me conheço o suficiente nem ao menos a metade, nem vivi ainda o suficiente para saber o suficiente sobre mim mesma.
Já pisei em muitas pedras, caminhos e desilusões, espinhos me machucarão em meio a multidões, as pancadas que deram em meu peito, com suas palavras, expressões faciais, ainda estão em processo de regeneração das lesões que me causaram, mas não pense que essas lesões afetaram meu presente, não pense isso. Sinta que você está me ajudando, que está sendo o melhor antiinflamatório que já tomei, pois meus tecidos tem estado como uma cor mais viva, bonita de se ver, sinta-se contente pois tem sido uma fármaco pra minh’alma .
Minha vida era sem rumo, não havia sentido algum, fazia as coisas sem conseguir ver o que estava diante dos meus olhos, não enxergava o óbvio, sempre fiz tudo dizendo todo sacrifício tem sua recompensa, muitos dos tais sacrifícios foram em vão, hoje carrego deles apenas minhas lições de como evitar tantas insanidades que não valeram apena.
Cheia de dúvidas e perguntas, e não há um ser, para responder-me?! Hoje vejo que tive muitas resposta e que ser nenhum além de mim mesma pude responder-me o que tanto me perguntava, as ações na caminhada me deram respostas muito mais valiosas do que qualquer outro poderia responder-me.
Estou provando agora o gostinho da vitória, só em imaginar, começo a salivar, os neurônios levam minhas inervações, junto ao meu precursor, a vascularização, e minha drenagem venosa, os músculos extrínsecos da minha língua, me faz salivar intensamente, intensamente!
Certifico-me que esse é o gostinho prazeroso que a glória me causa, que essa percepção sentida pelo meu corpo, isso é o que minh’alma faz meu corpo sentir, há pessoas que separam alma e corpo, as vezes também faço isso, mas em determinados momentos certifico-me que essa junção dos dois é que é a perfeição, a prova disso é que só sei o que sei quando minh’alma através do meu corpo se manifesta.
Minha vida não é um mar de rosas, até por que ninguém conseguiria nada num mar de rosas sem se ferir, sou eternamente, poeticamente pensante, não ser algum que me responda a todas as minhas dúvidas, a todas minhas questões, não há ser que consiga me dar as respostas com tanta exatidão e certeza, nas perguntas que a vida me propõem a perguntar além de mim, durante esse meu caminhar, por isso nos seres pensantes precisamos de paciência e sapiência para compreender as respostas dadas nos dias em diante.
Eu sei das minhas características, se incomoda, é por puro sentimento de inferioridade, essas destilações de maldade, são subcultâneas, é só banhar-me que desce tudo pelo ralo.  Mas antes , enquanto o veneno está sobre mim, gosto de sentir a sensação, sentir me sufocar, até que eu faça uma reflexão, a essa pessoa, que graças ao veneno dela transformo em crítica, gosto de crítica por tanto as engulo e o que meu paladar de senso me faz sentir transformo em antígeno, já que esse meu ser simplório não se curva à pessoas polutas e invejosas que rodeiam meu ser, eu devolvo seus venenos em forma de poesia, o mal que querem me fazer, causa muito bem a esse jovem ser, as pessoas só podem ser o que são quando podem sustentar o que são.
Os meus amigos, são meus amigos, por terem noção de quem sou, eles sim são pessoas que admito dizer algo a meu respeito, os que não são, é por não terem capacidade suficiente ao menos de respeitar as idéias alheias. Quando não falo com alguém é por não ter nada a falar, por não influir e nem contribuir para meu eu,  elas se irritam com tal atitude, e me dão a maior expiração em tentarem me atingir, fico feliz pois se agem desssa forma é porque desejam ter minha atenção, mas infelizmente nem todos são capazes de ter esse prazer, me causam prazer ao me fazerem escrever.
Obrigado!

Ana Cavalcante

13/10/2009

Hoje


O dia é lento pela falta de ânimo,
o sono pesa sobre meu ser,
meus olhos ardem, querem fechar, 
infelizmente não posso.
Nos meus ombros o ardor do stress,
o peso pelo que fui,
porém busco contentamento pelo que sou,
sou melhor, do que fui, mas infeliz no que sou.
A certeza das minhas limitações,
a angústia da não saciação do que busco,
até porque as vezes a ansia,
é mais prazerosa que a realização.
Na espera me meu coração pulsa com força,
e essa força antecipa o prazer de ganhar,
a vitória conquistada, é apenas uma a mais,
logo vem outras ânsias e o simples desejo,
de outras consquistas buscar.
 Ana Cavalcante


08/10/2009





Meu coração anda triste, 
por sentir que você não anda bem.
A tua falta me causa um vazio,
que jamais preencherei com outro alguém.
Te ver é uma tortura, 
também é uma tortura não te ver, 
mais não há tortura maior,
do que a de não poder te ter.

Ana Cavalcante





07/10/2009

Ana tormenta Ana


É uma luta constante contra mim diariamente,
reconhecer meus erros, ver minhas incapacidades.
Quando desisto é pelo esquecimento,
não esqueço por querer.
A minha neurologia não é lá essas coisas, 
uma pena porque tenho tanto a expandir.
Minhas deficiências neurais fazem,
com que eu não funcione bem.
Mas quem funciona bem neste mundo?
Sou fragilmente forte, já viu isso?

eu vejo quando me olho no espelho da razão.

Ana Cavalcante

15/09/2009

Simplesmente Ana

Postei um vídeozinho!

Adicionar vídeo
video

09/09/2009

Poema e Poesia

Poema: obra em verso em que há poesia
Poesia: Caráter do que emociona, toca a sensibilidade. Sugerir emoções por meio de uma linguagem.

"Se o poema é um objeto empírico e se a poesia é uma substância imaterial, é que o primeiro tem uma existência concreta e a segunda não. Ou seja: o poema, depois de criado, existe per si, em si mesmo, ao alcance de qualquer leitor, mas a poesia só existe em outro ser: primariamente, naqueles onde ela se encrava e se manifesta de modo originário, oferecendo-se à percepção objetiva de qualquer indivíduo; secundariamente, no espírito do indivíduo que a capta desses seres e tenta (ou não) objetivá-la num poema; terciariamente, no próprio poema resultante desse trabalho objetivador do indivíduo-poeta."

07/09/2009

Erótica


Vem e toca levemente,
cresce levemente.
Excita-se com uma rapidez!
Calma temos muito tempo,
pra desfrutar o nosso calor.
Ele chega calado,
sem precisar dizer nada,
encosta e eu já senti o seu desejo,
ardendo no seu peito,
entre suas pernas,
e no seu olhar.

É vício ou mal costume?
Não sei explicar, apenas sei,
que sou alvo dos seus desejos,
de sua imaginação.
E todos os dia é assim,
parecendo não saciar sua sede nunca.


Ana Cavalcante & R. Pereira



02/09/2009

O desequilíbrio do equilíbrio


Agora sim!
Sirva-me de todo seu calor,
sirva-me de todo seu despudor.
Agora sim!
Quero seu melhor,
quero também seu pior.
Agora sim!
Não tem mais razões,
não tem mais confusões.
Agora sim!
Quero te perder,
quero também te encontrar.
Agora sim!
Quero ver suas perdas,
quero ver seus ganhos.
Agora sim!
Posso ser seu lexotan,
posso sua adrenalina.
Agora sim!
Posso ser seu álcool,
posso ser sua glicose.
Agora sim!
Posso ser sua cama,
mais tarde a sepultura.
Agora sim!
Posso ser seu trauma,
posso ser seu tratamento.
Agora sim!
Posso ser seu tormento,
posso ser sua ternura.
Agora sim!
Posso ser sua loucura,
posso ser sua sanidade.
Agora sim!
Posso ser seu pesadelo,
posso ser seu sonho.
Agora sim!
Posso ser seu mito,
posso ser seu real.
Agora sim!
Posso ser seu fracasso,
posso ser sua vitória.
Agora sim!
Posso ser seu homem,
posso ser sua mulher.
Agora sim!
Venha o que vier,
posso ser tudo,
tudo o que você quiser!

Ana Cavalcante

Encontrei um escrito feito em 2007



Sou Ana e...

Não vou ser humilde em poupar elogios a mim claro, mais também não ocultarei os meus defeitos!
Sou chata eu sei, sou irônica e sarcásticas, sou boa e ruim, o positivo e o negativo, sou o bem e o mau, apesar de meu nome não ser único a mim, sou de personalidade única, quem me conhece a fundo, sabe e nunca esquece do tempo em que passei em suas vidas, pode ser de lembranças boas ou ruins, mas sei que deixei histórias, não falo pra agradar, falo o que penso e sinto, a respeito do que for discutido, a minha sinceridade as vezes irrita, encomoda, pois isso é uma das minhas composições que me diferencia dos outros seres, só faço o que me agrada, só me iludo quando quero, enfim ultimamente, a minha ilusão é por mim mesma, não procuro amigos, os que necessitam de uma palavra amiga, eu me disponho a ajudá-los, sou muito, também sou pouco, mais sei sou, sou um artista, sou poeta, digo até que sou, sonhado, cantando... Escrevo tudo no masculino pois sinto que há mais força e vigor, sou Ana Paula Rodrigues Cavalcante, nasci no interior, mas minha cabeça tem muitas idéias que vem do interior e posta através do exterior, as minhas formulações são geradas de formas diferentes, que as vezes agrada e também desagrada muita gente, sou impulsiva, zangada, alegre, sex, provocativa, depressiva, abusada, boazinha, prestativa, tudo depende do estado do meu ser, tenho minhas angústias, desilusões, que até me dão prazer, curso minha filosofia que tanto me dá prazer se é ilusão ou não, o que quero é descobrir o saber, pois sou amante, quente, por isso busco as minhas filosofias desenvolver. Quero sempre ver todos em paz com saúde e felizes, até mesmo os que detesto, quero ver todos de bem consigo mesmo e com o mundo, não façam o que não gostariam que fizessem com você!

QUERO O BEM DE TODOS, QUE TODOS AMEM INCONDICIONALMENTE A SI MESMO E O MUNDO, CULTIVEM PAZ, PRESERVEM A NATUREZA, TRATEM TODOS COM IGUALDADE, ISSO LHES FARÁ MUITO BEM!
SEJA VOCÊ MESMO INDEPENDENTE DOS QUE OS OUTROS VÃO ACHAR DE VOCÊ, AS PESSOAS TEM QUE GOSTAR OU ODIAR, AS VEZES ESSE ÓDIO NÃO É RUIM, INDEPENDENTE DE QUALQUER COISA, SEJA VOCÊ, SE AME, SE CONHEÇA, SEJA! AS SÃO COISAS TÃO CLARAS MAS A CLAREZA É TANTA, QUE AS PESSOAS SE IRRITAM COM A IMENSA CLARIDADE INDO SEMPRE PELA ESCURIDÃO, VAMOS VEJAM É SIMPLES, NÓS CONSEGUIREMOS VER AQUELA LUZ!

Publicar postagem
Ana Cavalcante 13/07/2007

01/09/2009

Declínio



Quanta insatisfação ao vê-lo assim de repente, me faz mal sentir sua presença. As náuseas, o desconforto espiritual, é irritante, e constantemente me sufoca. Quero que você não seja, que vá embora e não volte nunca mais! Vá pra bem longe, onde nem meus sonhos possam te alcançar. Queria que minha memória te esquecesse! Não gostaria que você morresse, mas preferiria que você nem tivesse nascido.
Ana Cavalcante

04/08/2009

Eu tenho dislexia

Peço compreenção aqueles que vêem algo errado na gramática dos meus posts, espero que compreendam que sou disléxica e que as vezes é inevitável eu não "engolir alguma letras ou frase..." Bem quero apenas que compreendam o que eu quis passar!
Abraço
Ana Cavalcante

10/07/2009

Hoje


Bom incêndio, bela grandeza
A intensidade do meu ânimo motiva-me a elevar-me, ou enterra-me, tudo depende do infame do meu ego, quando penso no Uno e na infinidade que há dentro dele e essas variações me leva a refletir e vejo-me posta em tais situações, que as vezes me equilibra e outras o desequilíbrio toma de conta do meu ser, fazendo com que eu me sinta uma fagulha, outr'ora imenso feito o céu.
Quando estou com raíva, ódio... prefiro ser uma fagulha, e quando alegre, contente é bom, sentir o céu.
Apesar de que a pequena fagulha encedéia os campos da fúria, e que você traga logo a chuva para que a água hidrate meu ânimo, ou que se for pra incêndir que seja como o fogo da paixão, aí po deixa ou trazer chuvas e trovões.
E você gosta de sentir-se como, uma fagulha ou o céu?

Ana Cavalcante

26/06/2009

Rodolfo Abrantes


ENVIEI PRA ELE HOJE.
Fraco é que hj eu digo a respeito de Rodolfo Abrantes, não teve força suficiente para se superar, para ter o auto controle, o equilíbrio sobre a moral e ética do bom viver dos homens. Eu curtia muito suas músicas quando Raimundos, nunca fumei maconha ou me perverti por causa disso e tenho outros amigos que também curtiam e nem por isso ia fazer besteiras por ouvir o que vc produzia, gostava do som e as letras era uma forma divertida de por fora as banalidades da vida. Cristo é o cara, foi o mais rebelde de todos os homens, foi o curador postando em suas palavras de fé e auto estima..., fazendo com que as pessoas se auto curassem.
Hj vc coitado se alienou a uma religião, a fé no ser é o que cura, os que não tem força pra crê em si e no ânimo de cada um, tem que se prender nas alienações que dá prazer assim como a química das drogas.

25/06/2009


Conheça seu aliado

Um guerreiro senta-se ao redor da fogueira com seus amigos.

Passam horas acusando-se mutuamente, mas terminam a noite dormindo na mesma tenda, e esquecendo as ofensas que foram ditas.

De vez em quando, aparece um recém-chegado no grupo. Porque ainda não tem uma história em comum, mostra apenas suas qualidades, e alguns o enxergam como um mestre.

Mas o guerreiro da luz jamais o compara com seus velhos companheiros de batalha. O estrangeiro é bem-vindo, mas só confiará nele quando souber também os seus defeitos.

Um guerreiro da luz não entra numa batalha sem conhecer os limites de seu aliado.

Paulo Coelho

OBSERVAÇÕES DE ANA
Não sei pra quê tanto rodeio é tão simples dizer que as pessoas lhe reconhecerão pelas qualidades a qual você tem, mas lhe respeitarão muito mais, quando você deixar de ser egoista, sendo você como é naturalmente e de certo que naturalmente tem defeitos, pois é através dos seus defeitos e que você aperfeiçoa suas qualidades.
Um aliado lhe respeitará pelo que você é realmente, passar uma personalidade ilusória à alguém você não estará sendo que você é realmente então a pessoa estará gostando, admirando a ilusão a qual você a motivou a perceber algo chamativo em você, algo diferente a qual atraí a pessoa, ela estará aliando-se ao que você pôs a ela, se for sua ilusão de perfeição, realmente você quer ter uma aliado? A sua alienação ou a seu ser? Bem se for a sua alienação, parabéns você conseguiu, mostrou suas qualidades, quando a pessoa ver apenas as qualidades boas límpidas, ela o verá a pessoa mais perfeita que ela já conheceu, aí começa toda aquela viagem alienatória, fazendo com que você crie uma sombra viva em sua vida. Viva sempre no equilíbrio entre relidade e ilusão, se mostrar sua realidade, seu discípulo pode se tornar seu futuro inimigo, lhe superando e conhecendo suas fraquezas, mostra também os defeitos para que você se torne real na percepção daquele "discípulo", não se mostre por completo, mostre apenas o necessário para um discípulo se desenvolver o suficiente para que não necessite dos seus ensinametos e passe a ser arauto nas mensagens de moral e ética, para que exale boas energias e tente assim como seu mestre ver um mundo melhor.

Ana Cavalcante

22/06/2009


Se é loucura ou não, gosto de sentir-me livre em meio as massas, sou feliz como sou, fico triste se falo mais do que devia à pessoa que não esteja preparada a ouvir o que tenho a lhe passar.
Não me prendo a idéia rasas, gosto de mergulhar profundo, quando falta o ar é por que o prazer vem vindo e que seja bem vindo enquanto estiver aqui, se desejar fique mais, mais fique por favor, meu ego necessita de você, meu ego precisa de amor.

19/06/2009

No teatro vazio é onde você atua

No teatro vazio é onde você atua

Menina de sorriso discreto, com olhar misterioso, mas eu sei os seus mistérios.
Sei o quanto tu se contém, o que tu guarda nas lembranças aqueles velhos momentos da tua infância, e a saudade minha cara é só o que você conseguiu trazer consigo.
O medo te fortalece e te faz ser tão forte feito as rochas, mais se algo forte vier que não seja seu, você se torna tão frágil feito um copo de cristal.
Os segredos que você esconde, você esconde apensas de si mesma, pois sei o que guardas, e sei também que você se aprisiona por isso, seja o que você quiser ser, por que você é!
Você pode mudar seu corpo, suas atitudes, mais o que realmente te faria diferente, você não vai mudar. Ninguém muda alma, ela é diferente dos sentimentos, os sentimentos passam ficam, outros acabam já a essências da alma é imutável.
Todos erram pra puder acertar, o que é certo você sabe? Você acha que sabe? O certo é o que apraz a alma somente a alma, não ao corpo, aos vícios, que não depende do material, dos interesses, o certo é que faz bem a sua alma, a sua pureza.
O mundo será melhor pra você apartir do momento em que você se reconhecer e se aceitar.


Por Ana Cavalcante

18/06/2009

Ao acordar levante!


E caminhando sobre o vazio, meu peito se definha por sensações que eu não desejaria sentir.
Não que sejam ruins, mas que não fazem bem aos que amam, o tempo vai passando e seus desejos obscuros, cada vez mais me torturam com seu silêncio.
Eles realmente são sombrios, para minha iluminada percepção. Num misto de ódio e amor, loucura, paixão, tesão e... que você tenta controlar a todo tempo, tudo por que você fez de mim algo proibido à você.
Se você fosse seguro e me assegurasse do nosso caminhar de mãos dadas, durante nossas sensações não importa qual, o importante é que seja!

Tudo isso na tormenta, porque o que provoco em você, você provoca em mim.

Ana Cavalcante

17/06/2009

Pele e Ser


Precisa transpassar no meu interior para me fazer feliz, minha alma necessita de vigor e intensidade dos sentidos, nada de leveza, tem ser arrematador, devastador, quando chega tem que provocar, instigar, chegar puxar, gritar e acima de tudo sorrir.
Vem chega e puxa meu cabelo e beija-me, é assim que quero você, esperando a mim, o único mortal que te completa, pode procurar onde quiser em quantos seres desejar e vai ver que nenhum te completará como eu te completo.

Então vem deixa eu te dar mais gotas do meu prazer, deixa eu tirar seu ar, deixar eu te tocar, deixa minh' alma entrar em teu corpo, deixa eu te deixar louco, desesperado sem saber o que fazer, vem que eu sei o que fazer, eu sei que a minha intensidade pode te deixar vivo e vibrante te fazendo renascer, por que sei que a atração não é apenas carnal e acima de tudo é espiritual.
Ana Cavalcante

Desabafo a um carnívoro


Quando sinto seu ser
próximo de mim,
meu coração dar socos
nas minhas costelas,
como se estivesse preso,
e quisesse ir ao teu encontro.
Que diabos é isso,
deve ser feitiço!
Não consigo esquecê-lo.
Me sufoca, me amordaça,
por saber os meus sentimentos,
e não conseguir satisfazê-los.
Sinto algo por ti,
que jamás sentirei
por outro alguém.
Me enlouquece, me embrutece
Enaltece minh' alma
ao vê-lo assim
sempre tão lindo ser,
tão provocante...
Causando o aflorar dos meus desejos,
que não conseguem adormecer.
Penso em cortar os pulsos,
por não ter você.
me jogar da escada,
só pra você me socorrer,
gritar ao mundo que quero você.
Pois no eco do meu quarto,
é o teu nome que ecoa lá.
A tua imagem, o teu conteúdo,
me faz suspirar, falta o ar
e a insatisfação da tua falta,
deixa um imenso pesar
sobre minh' alma consciente e
que só você pode libertar,
os desejos mais profundos,
que estão a me afogar,
nesse mar escuro ao qual e me perco,
nesse olhar que não vejo mais.
Te conquisto no cansaso,
mesmo que eu fique aos pedaços,
me recomponho e devoro você.

Ana Cavalcante

15/06/2009

Meu poeta contemporâneo PREDILETO!

Um poeta que canta, nossa um poeta que canta suas poesias, que alegria!
Isso é perfeito, para meu senso de beleza, de exposição de um ser
Quando mostra seus desejos, quando cospe suas indignações, com sutileza e ao mesmo tempo voracidade.
Na verbalização do seu ser de tal maneira que me causa algo que nem sei explicar, apenas sinto, me identifico, ele faz o que eu não consegui.
Mas me faz muito feliz vê-lo, admirá-lo, amar o seu ser de tal forma que me expira algo.
Leva através da voz o que eu carrego em meu peito, e no leito me deleito, com seu cantar.
Ana Cavalcante

13/05/2009

Expansão Feroz


Sinto uma inevitável vontade de falar os meus pensamentos, sabe aquilo fica querendo sair de mim feito um gozo feroz, é algo incontrolável para meu ser, eu tento fechar a boca mais meus olhos falam muito, aí me provocam por ver que meus olhos dizem algo, mais como não conseguem saber ao certo o que os meus olhos dizem, me motivam a abrir a boca e soltar o verbo e dizer minhas sanidades filosóficas.
Não quero magoar, quero apenas desabafar, fazer você pensar, te mostrar que você pensa, e se pensa, tem a oportunidade de ser o seu melhor, que você pode inovar, que você pode criar, pode melhorar, crescer e ser.
Só quero que leia e veja que algo eu te passei, agora me mostre sua voracidade de expansão mostre-me que iluminei seu ser com algo e que esse algo fez de você um ser melhor do que eu pude ser ao mostrar-me a você, por que eu amo você e por amar você quero ver-te sempre bem seja onde for, mostre-me o melhor, mostre-me o seu bem e também seu mal, quero deleitar-me com o teu estar, por isso me beije ou me massacre, faça com que eu sinta você.


Ana Cavalcante

27/03/2009

No espelho que reflete meu interior


Analisando meus pensamentos cheguei a concluir, que se a vida fosse somente coisas boas, elas não seriam tão boas assim, pois precisa ter algo ruim para que se tenha coisas boas. E no declínio que as pessoas que tem seus dons, conseguem expandir suas mentes, suas capacidades, insanidades, enfim os sentimentos e atitudes que os fazem bem.
Meu bem é preciso ser mal pra depois seja bem.

Ana Cavalcante

25/03/2009

Melhorias necessárias

Minha realidade hoje
Hoje quando paro pra pensar nos meus relacionamentos antigos, percebo o porque não deu certo e onde eu errei, primeiro criei uma idealização de pessoa ao qual eu desejaria, segundo erro queria que essa idealização estivesse naquela pessoa, terceiro cobrei o que eu não poderia cobrar pois ela não era aquilo que eu queria, eu sofri bastante por cobrar das pessoas, sentimentos e atitudes a qual elas não eram capaz de me doar e nem eu capaz de enteder, que elas não eram aquilo que eu esperava que fosse.
Agora depois de perceber que minhas idealizações era simplesmente egoísmo demais da minha parte, pois não poderia querer, pois nem queria doar que eles também exigiam de mim, hoje não carrego mágoas, pois não amei a ninguém do meu passado, amava as minhas idéias, as idéias de "perfeição" para o meu equilíbrio, desculpe a vocês que fiz sofrer, tudo foi um engano, uma "visão ilusória" que os meus desejos queriam e deixei me levar.
Resolvi parar com esses desejos tolos e respeitar as diferenças, aceitando as pessoas como elas são com suas qualidade e seus defeitos, e não querer mudar ninguém, apenas melhorar algo que esteja distorcido, turvo. Não cobrar das pessoas mais do elas sejam capaz para me oferecer, enfim aceitar as pessoas como elas são, para que aceitarmos a nós também, hoje vive seguindo essa linha de pensamento, me tornei uma pessoa feliz, realizada.
Hoje amo a mim com uma intensidade que não imaginei existir, não vou menti, as vezes tenho atitudes que demostra que não tenho amor próprio, mas todos tem seus deslizes, acontece e tenho consciência disso, bem voltando ao assunto do amor, dessa forma de respeitar o amor dos outros, me amo mais e me sinto muito amada.

25/03/2009
Ana Cavalcante

24/03/2009

Poemas que regurgitei no começo da adolescência

Fútil
O que sinto é ódio,
Raiva dos dias que vivo!

A dor dessa ferida,

Chega a ser tão boa,
Quanto a olhar-te, e não tocar.

E entediaste e fútil,
Acordar com tudo do jeito que já estava,

Ou até pior.

O silêncio do meu pensamento,

É vulnerável a qualquer ruindo.
Queria que fosse interronpido,
pelo teu gemido de prazer e dor.

...Te Quis...
Você apenas usou.
Não quis nem saber.
O que você plantou,
Deveria colher.
Tem muito carinho aqui
Onde você passou e plantou
Aquele que te quis
Que sempre te amou
E a tristeza que ficou
E tudo que era amor Sumiu, acabou.

Afago
O que eu desejo é teu beijo.
O beijo da morte que cala.
O beijo da morte que mata,
De prazer o meu desejo.
Que é apenas seu beijo,
Esse meu grande desejo.
E o teu beijo é o desejo,
Do prazer que cala,
A morte do meu desejo.

Busca
Nessa noite vou em busca do teu olhar
Saio distante não consigo encontrar.
Volto desesperado quando olho você do meu lado.
Não sei nem o que dizer...
Quero ficar com você!
Mas por favor,
não saia sem dar explicação!
Pois o que tenho é sentimento.
Que não gosta de solidão.
Por isso quero sua presença

Que é a minha conformação!

Tento não falhar
Tento não falhar ao te lado.
Tento não falhar,
mas sempre da tudo errado.
Eu tentei, mas agora nem isso eu sei
Belos sentimentos de um nobre coração.
O amo vem primeiro em seguida a perdição
Uma mente sã, não falha com eu falho.
Mas tudo que eu que eu quero dá errado
Tudo por que estou pensado no prazer
Tudo por que estou pensando em você
Saio na rua pelado desesperado
Saio na rua em busca do meu outro lado
Eu grito, eu choro, eu quero...
Você é a pessoa que espero!
Eu grito, eu choro, eu quero,
mas não é por você
E pelo meu prazer.
Eu sou assim, eu ajo assim
Desgarrado e você que se mal trata por eu não te querer.
Fala que canto muito mau, mas o que posso fazer,
Mostrar meu potencial!
Mas não to nem aí nem aí eu to pra querer ouvir!


Funcionar
A hipocrisia dessa vida, não me deixa funcionar.
As ganâncias dessa vida não me deixam respirar!

Um revoltado não fala nada em vão.

Tenho minhas idéias
, e não julguem meu nome vão!
Faça o que você quizer,
erre quantas vezes puder.
Continuo errando, mas o que posso fazer,
não erro por errar.
Erro nessa minha ânsia do prazer encontar.



João de todos
Mas o que acontece com a minha mente?
Aos meus amigos apresento-os, eu preciso.

Conscientizar e guiá-los a viajar

Oh! Meu amor, por onde passa fica paz e amor,
navegando eu vou, e guiado pelas ondas
e fungindo do
horror e da hipocresia,
que me sufoca nessa hora, que às vezes
apavora,
quero amanhã acorda e por várias milhas viajar com você,

Me levar por mim e me deliciar com você.

Eli
O papel branco
Branco o papel excitante
Excitante o papel elegante

Branco papel elegante
E sempre branco, o papel excitante.
Por mais que queime o papel de seda
Sempre sara aliviante.

Consciência
Com você me sinto segura, se você é,
Ilegal não me importa!

Gosto de você, na verdade acho que...

Amo você, algumas pessoas sentem,

Raiva de você, vocês podem até imaginar o porquê.
Rico em chame, te admiro gostoso, mas destruidor.
Olha gosto de você, mas não é quevai me levar!


Chão
Um dia ao cair no chão
Aquele sentimento bom e a emoção
Recebi um telefonema e não sabia

Que o silêncio era você na outra linha

Ao perceber a ilusão, comecei alimenta-la achando
que era paixão.
Achei que ia te-lo na mesma linha

E agora percebi que não-o tinha

A verdade é que por mais que eu esteja com alguém

Esse alguém parece ser ninguém.

A verdade é que eu sempre serei sozinha.

Que não vai ter ninguém na outra linha.


Sibarita ao menos uma vez
Quando vou beijar seus lábios?
Não sei, mas quando beija-lo,
Quero senti-lo profundamente,

Até sentir os seus desejos mais profundos.
Num instante,

Minh’ alma ira tomar conta de teu corpo,

Como ninguém conseguira te dar um êxtase tão viciante
Desejo-te tanto que já não sei mais,

Onde guardar tanto desejo

Desejo teu corpo, tua mente,
teu subconsciente

Mas tudo começa assim com sentimentos bons e ruins.

Quando menos perceber o carinho,
ao mesmo tempo ilusão, raiva,

Tudo ira virar lembrança,
espero que essa esperança,
que vai ficar na lembrança,

A ilusão, que você me faça a sentir-me sibarita ao menos uma vez


Proibido
O que fiz foi errado, gosta do dia quente num dia frio e molhado.
Às vezes te mato e adoto a solidão.

Sei que to errado em ficar na escuridão.

Gosto de odiar você,
de gostar de você.

Só posso dizer,
que o animal não é propriedade minha.

Esta no sepulcro da minha bomba circulatória de sangue.

E esses pobres neurônios que esperam o proibido,

Esperam a morte do inimigo, que está no poder.

Proibido gostar,
pensar ou olhar,
permanentemente gostar de você!


Epígono
A verdadeira rutilância de um ser simplório,
será ver futuramente seu epígonos a idolatrai-la ao seu redor.

Isso te fará um ser mais util ou talvez fútil.



Por que não!
Não me ame,
Por que nunca te amarei!

Não se iluda,
Por que nunca irei iludi-lo!
Não me perdoe,

Por que não irei perdoá-lo!

Não esqueça o que fez comigo,

Por que não esquecerei,
as sacanagens que fiz com vocês!


Somos um bando de abutres
Nesta terra miserável.
Que vive a vida na humilhação.

Que vive se humilhando por um reles perdão.

A sensação de ser banido é realmente inexplicável!

Inexplicável é o amor que agente tem e os odeia.

Que machuca e incendeia aqueles pobres corações!

Busca
Nessa noite vou em busca do teu olhar
Saio distante não consigo encontrar.

Volto desesperado quando olho você do meu lado.

Não sei nem o que dizer...

Quero ficar com você!

Mas por favor,
não saia sem dar explicação!

Pois o que tenho é sentimento.

Que não gosta de solidão.

Por isso quero você minha conformação!

Vou expandir
Vou dizer o que você não quer ouvir
Eu vou falar o que minha mente quer expandir

Tenho idéias que aqui vou deixar.

Deixarei o que muito vão criticar!

Vão criticar o meu jeito de pensar.

Vou falar o que preciso desabafar.

Se vocês gostarem,
nem aí eu to para o que falarem,

Não é maneira de se expressar,
mas a melhor pra iludir!

Vou cantar o que meus ouvidos querem ouvir.

Minha mente me induz a fala e magoar.

E é por isso que nesse estado você está!
Dizem que sou ovelha negra e desgarrada.

Mas desgarrado é você que está rebolado por eu te querer.


Grita e consome
Essa voz que grita teu nome, com ódio e dor,
O prazer de amar essa obsessão por ti.

Sendo que você não está nem aí.

O que meu olhar diz e o que você pensa e me diz.

Deseja-te, te devoram, te consome.
Mas depois tudo some apenas corroí consome.



Você
Achei que tudo era tristeza.
Que não existia beleza
E que era belo o triste,
Espírito que morava no meu coração

Veio e me mostrou,
fez sentir calor e emoção.

Esse homem me deixou louca, é você mesmo João!

Que trouxe alegria, abriu me coração.

Fez amar, sonhar e você amar.

Acreditar no amor seja ele como for!

Te amo e não nego você é que eu quero!

Não senti sua pele,
Nem abracei o seu corpo.
Muito menos o beijo, mas até já sei o gosto!
Adoro sonha acordada e viajar na imaginação

Por que tenho você em meu coração!

Quero te possuir e com você seguir no gozo da eternidade!

Seguindo nessa viajem de prazer e emoção!

Sinto agora que tenho sentimento onde pulsa um coração!


Onde está
Às vezes bate a solidão e não tem nada pra fazer
Uma tristeza sem motivo, que não da pra entender.

Não sabe o que pensar, muito menos cantar, parece que tudo que estava na memória sumiu.
Agora fico aqui pensando procurando o que fazer,
Não tem nada pra fazer lembrar,
minha memória foi embora.

Percebi que algo me faz lembrar que nesse momento escrevo me pensamento.

Esse momento faz lembrar que eu posso escrever esse momento achando que nada penso,
mas que na prática, não paro de pensar.


...Te quis...
Você apenas usou.
Não quis nem saber.
O que você plantou,

Deveria colher.

Tem muito carinho aqui

Onde você passou e plantou

Aquele que te quis
Que sempre te amou

E a tristeza que ficou

E tudo que era amor
Sumiu, acabou.

Pecado
Beijar é pecado?
Mostrar seus verdadeiros sentimentos é pecar?

Pois se isso é pecar sou uma grande pecadora!

Uma pecadora, em busca do grande causador do pecado de minha eternidade!

Se alguns pecam por prazer eu peco em busca do meu prazer!

E você peca?


Escritos no período de 2002 a 2004
Ana Cavalcante