15/10/2009

Uno


Quão é perfeita a nossa unidade!
Unidade infinita de mundos,

e que cada mundo gera outros mundos

na busca da perfeição,

assim gerando a infinidade.
Ó magnitude!

Eu não procuro algo no externo

pra me satisfazer,

é no interno que me acho,

me lambuzo, me afago,

com tais prazeres

que elevação da minh'alma

faz sentir sobre esses ossos,

e que um dia irão acabar,

e dos prazeres histórias iram deixar

Busco sapiência para o meu dia a dia,

busco originalidade na minha,

maior forma humana de ser.
Busque aquilo que apraz à você,

e que esse algo não esteja em objeto algum,

apenas sinta, respire fundo

e feche os olhos e sinta

seu corpo, sua alma,

veja como é perfeita a união das duas,

a percepção da alma,

a superação de si para si.
Você se torna grande quando percebe

a grandeza, que há dentro do seu ser,

se conheça! Se permita a tal experiência,

faça-o do jeito que melhor agradar,

mas faça, conheça o seu interior,

para ter uma expansão na nova visão

que adiquirirá ao ver o mundo,

prepare-se primeiro,

conheça-se e construa seu mundo,

contanto que esteja preparado

a 'ver' outros mundos e respeitá-los.
Dê a mão aquele que necessitar,

respeitas as diferenças é fundamental,

criticá-las você decide,

se vai viver a vida a criticar

ao em vez de criar, inovar...

eu prefiro ver o erro e criar a solução,

no caminho escuro ando com minhas idéias,

à iluminar, acreditem em suas capacidades,

busque sempre sua verdade,

a sua porque a verdade é singular de cada ser.




Ana Cavalcante

2 comentários:

Jo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Jo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.