08/11/2010

Sei que...

Há certas pessoas que passam o tempo tentando fazer algo para prejudicar os outros, e esquecem ou não sabem que fazem isso pra si mesmo. Quem tenta a todo custo mostrar algo distorcido, mentiroso a respeito de outra pessoa, é por essa pessoa é forte e invejável, para o fraco que tenta derrotar alguém que nunca pensou em fazer algo de ruim para prejudicá-lo.

As pessoas esquecem quem lhes ajudou, de que lhe fez feliz, e acima de tudo de quem lhe deu forças, mesmo sabendo dos seus fracassos, apenas de não reconhecê-los, você quer poder, não conseguirá nunca querendo tirar poder de quem não se importa de que tamanho ele seja, e se é que ele tem tamanho, ou mesmo se é que se tem poder.

Carisma, alegria, caridade, justiça, honestidade, princípios... Se isso é ter poder então obrigado eu sou muito poderosa, quem me conhece sabe o que passei, conhece a companheira, a amiga, ou sei lá o que lhe fez sorrir, lhe foi sincera, e não julgava por suas ações, apenas ouvir, ria, e no mais lhe dizia que o caminho é outro quando se faz algo que lhe autodestruísse, e quando não ouvida, rude ao dizer: Eu avisei!

Não faço tipo “boazinha” sou justa e se magoou a quem amo, só terás o meu mais singular desprezo, um dia irá bater a minha porta e pedir perdão, acho melhor não perder seu tempo pois as portas estão fechadas para quem dei oportunidade de ser e agir com um ser humano melhor, se não quis engula todos os dias as lembranças boas que teve na minha presença e fique com indigestão do que você não pode ter mais.

Errei muito em abrir portas pra quem não mereceu entrar, errei e esses erros me causam raiva de mim mesma, felizmente consegui fechá-las a tempo. Não sinto pena desse tipo de gente, porque sentirei pena de quem não trepidou em querer me prejudicar, que foi às ruas falar mal de mim, risos é o que tenho a dizer a respeito desse povinho, que se acham no direito de falar de alguém, deviam mesmo em se preocupar com suas vidas, com suas doenças, pois só carregam desafetos por onde passam, posso ser popular mias sou de poucos amigos, pois não vale à pena abrir-me pra tanta gente que não merece minha alegria, minha atenção, muito menos o meu amor.

Quem leu e se achou atingido tenho certeza que fez algo negativo contra mim, mais não me importa por que sou feliz mesmo assim, adoro mostrar para essas pessoas que nunca foram coerentes no que dizem que sempre se contradisseram e que sintam, mais sintam mesmo muito a minha falta, eu fico feliz é com isso, tentaram me apunhalar mais só tentaram, cada dia a mais acho graça das tentativas frustradas, pois sou feliz independentemente de ações e resultados, sou feliz porque tenho tudo que sempre desejei e tenho outros desejos que não inclui vocês, e que to na luta e feliz por que como sempre digo todo esforço tem sua recompensa, e para o que desejo, e o que busco não a necessidade de passar por cima ou denegrir ninguém, consigo por que tenho força de vontade e um companheiro ideal para que tudo que buscamos e conseguimos.

Tem gente que tenta me intitular de algo mais não há palavras pra definir minha persona eu mesma passo a me surpreender comigo todos os dias e me torno mais consciente a cada descoberta e assim vou levando minha vida simples cheia de coisas boas e com carinho a quem merece todos os meus sentimentos.

09/11/2010

Ana Cavalcante

06/11/2010

Blog

Quem gosta de música, aquelas sem prazo de validade, dê uma olhada no meu blog, são letras dos mais diversos compositores e músicos, tem pra todo gosto e os mais variados temas, vale a pena conferir...

mperfeitas@blogspot.com

Ana Cavalcante

Minha penúltima criação

Dá um ótimo papele de parede, um momento de reflexão profunda sobre os momentos dos nossos sentimentos através da arte.
Ana Cavalcante

04/11/2010

Estou aqui

Queridos eu não sumiu, tenho ficado em repouso por recomendações médicas, não estou doente, apenas tenho muitos comprimidos para tomar em horários diferentes (e que às vezes deixa meu organismo diferente, me causando mal - estar), alguns medicamentos terei que tomar até o fim da gestação por causa da toxoplasmose, quero que meu filho nasça com saúde, é um momento reservado no meu lar, é o momento de dedicação e amor a minha família.

Às vezes fico entediada ao ver meu marido fazendo coisas que gosto mais agora não posso fazer serviços grosseiros de acabamento como: pinturas, massar, capinar, tirar as ervas daninhas... Às vezes sou teimosa, mas na maioria das vezes só com as plantas, quando faço muito serviço braçal, fico com muita dor na coluna, esses dias irei pôr os enfeites de natal.

Apesar de pessoas acharem que minhas energias eram centradas em outras coisas momentâneas, eu sempre quis constituir um família feliz e acho que estou conseguindo, fui até presenteada com o meu maior desejo de ter um filho homem, nunca fui uma pessoa sortuda, nada ganhava, e acabo não tendo sorte no jogo, apenas no amor, acredito que essa sorte é maior e melhor.

Quero educar Nicolas com qualidade, consciência, respeito e igualdade, quero ter tempo para cuidar dar meu amor e carinho e mostrar a realidade, chega de contos de fadas, vamos explicar com clareza, nada de ficar enganado as crianças, quero pode acompanha seu crescimento e evitar más influências que se encontra nas ruas, quero prepará-lo para lhe dar com os seres que habitam este mundo. Ninguém cuidará melhor do que a própria mãe e o pai, nada de ser bobinhos e ficar apenas rindo quando a criança faz algo errado, ela aprenderá através de sua criação justa e serena, vou lhe dar sabedoria, nada de criar com mimos, darei o que não pude ter, atenção e aprendizagem suficientes, os meus erros, as minhas falhas servirá de aprendizagem a para mostrar como ser uma pessoa melhor.

Quero que ele herde minha sinceridade, e o esforço do pai, espero que seja uma criação justa e lhe torne um cidadão do mundo, um cidadão digno de respeito e admiração pelo belíssimo ser que ele se tornará.